Benefícios do Fitoterápico Cardo-Mariano


O Cardo mariano, também conhecido como Cardo-leiteiro, Cardo-santo ou Serralha-de-folhas, é uma planta medicinal muito utilizada para fazer remédios caseiros para problemas no fígado e na vesícula biliar, por exemplo. O seu nome científico é Silybum marianum e pode ser encontrado em lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação e algumas feiras livres.
A substância ativa dessa planta é a Silimarina, que além de atuar no fígado e vesícula biliar, aumenta a produção de leite materno.


Benefícios
O cardo-mariano possui propriedade anti-inflamatória, adstringente, digestiva, diurética, regeneradora e anti-séptica, podendo ser utilizada para auxiliar o tratamento de enxaqueca, enjoos, varizes, problemas no baço ou na vesícula biliar. 

A principal aplicação do cardo-mariano é no tratamento de alterações do fígado, isso devido a um de seus constituintes, a Silimarina. Essa substância atua diretamente nas células do fígado que estão lesionadas devido ao excesso de substâncias tóxicas, como por exemplo o álcool, regenerando-as e impedindo novas lesões. Assim, o cardo mariano pode ser utilizado para auxiliar o tratamento de cirrose, hepatite ou gordura no fígado, por exemplo.

Como usar
Os frutos do cardo-mariano normalmente são utilizados para fazer chá. O chá é feito com uma colher de chá de frutos esmagados e 1 xícara de água fervente. Deve-se deixar descansar por 15 minutos, coar e beber 3 a 4 xícaras por dia.
Esse chá deve apenas complementar o tratamento indicado pelo médico para gordura no fígado, devendo ser acompanhado de exercícios e dieta, além de evitar fumar e consumir bebidas alcoólicas.
Pode ser manipulado em forma de tintura-mãe nas Farmácias de Manipulação em álcool a 65%.Pode ser ingerido diluindo em água de 20 a 40gts 1 vez ao dia.

Efeitos Colaterais

Primeiramente, é importante deixar claro que, apesar de ser uma planta medicinal, o cardo mariano poderá causar efeitos colaterais se ministrado de maneira incorreta. Em doses excessivas, o chá dessa planta pode causar queimaduras e irritações nas mucosas das vias digestivas, além de vômitos e diarreia.
Pessoas com problemas renais, úlceras, gastrite e hipertensas não devem utilizar o cardo mariano. Outro cuidado a ser tomado é com relação ao nitrato, que muitas vezes fica excessivamente acumulado nas folhas, o que pode ser tóxico para o consumidor.
As sementes do cardo mariano não devem ser ingeridas em grandes quantidades, podendo elevar a pressão arterial. Alguns de seus efeitos colaterais são: problemas estomacais, diarreia e náuseas.


https://www.mundoboaforma.com.br/cardo-mariano-o-que-e-beneficios-efeitos-colaterais-e-como-tomar/#8rGm1lJf044oOkd8.99






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Uso e Benefícios do higienizador LOTA

Os 5 óleos essenciais indicados para o Tratamento de Onicomicose